Blitz

Filiação: GSG9

Blitz

Arsenal

G52 Escudo Tático

G52 Escudo Tático

Escudo Balístico

Primária
P12

P12

Arma Curta

Secundária
Granada de Fumaça

Granada de Fumaça

Granada que emite fumaça que obscurece a visão.

Especialização
Carga de Demolição

Carga de Demolição

Carga implantável capaz de explodir paredes, pisos e barricadas.

Especialização

Habilidades

Escudo Tático G52 Escudo Tático Com Luz

Escudo Tático G52 Escudo Tático Com Luz

  • Escudo balístico
  • Três fileiras de oito granadas flashbang fornecem uma fonte de luz de alta intensidade

Biografia

Bandeira da Alemanha
Bandeira da Alemanha
Nome: Elias Kötz
Data de Nascimento: 2 de abril de 1980
Local de Nascimento: Território Bremen
Altura: 1,75 cm
Peso: 75 kg

“Não gosto de tirar fotos. A iluminação nunca fica boa.“

Kötz se graduou na Hermann-Böse-Gymnasium, uma universidade elitista especializada em ciências e estudos linguísticos. Durante a formação, Kötz se destacou como estudante e como atleta. Dentre muitas de suas qualidades, Kötz é multilíngue e pode perceber facilmente as nuances de um idioma. Sua presença imponente e a habilidade com as armas o fazem formidável em ambientes pequenos e apertados. Sua experiência tática garante seu lugar entre a elite da equipe Rainbow. Essas habilidades combinadas com sua formação acadêmica e sua personalidade bondosa fazem com que seja altamente requisitado. Ele transitou com facilidade da posição de soldado da Schnelle Kräfte em Kosovo para a de membro da GSG 9. Kötz se dedica integralmente a fomentar práticas de treinamento e boa vontade entre a Guarda de Segurança Nacional da Índia e a GSG 9.

Laudo Psicológico

O Agente Elias “Blitz“ Kötz já viu combates intensos o suficiente, mas continua forte física e mentalmente. Seu temperamento pode ser melhor descrito como jovial, embora seus companheiros prefiram considerar seu senso de humor meio “pateta“. Sei que meu filho concordaria. Kötz usa o humor para aliviar situações de stress, algo bastante apreciado pela equipe e mais valorizado do que seus comandantes anteriores. […] Não que ele não leve o trabalho a sério. Na verdade, é bem o oposto: em diversas situações, foi o primeiro a romper uma barricada e mais de uma vez colocou a segurança da equipe à frente de sua própria. O fato de Kötz preferir não considerar seus atos como heroicos é uma característica de sua personalidade, mas certamente não prejudica seu desempenho. […]

Gosto de pensar que estou em forma. É claro, percebo que esses agentes estão numa categoria diferenciada, mas mesmo assim, Kötz se sobressai. Ele brinca com a quantidade de vezes que nossa equipe médica quis amarrá-lo numa máquina para testar seus limites físicos. Para qualquer outro a atenção poderia ser irresistível, mas Kötz leva tudo numa boa. […]

Pelo riso fácil e a rápida agudeza, há uma dedicação sincera em Kötz. No meio do relato de como sua infância era divertida e livre, ele disse “Temos a responsabilidade de cuidar um do outro. Levo isso muito a sério.“ Não tenho nem dúvidas. […] Percebi que Blitz é bastante próximo da Agente Lera “Finka“ Melnikova. Quando perguntei a respeito, ele me disse que gostam de tirar sarro um do outro. Ela o impressiona, ele me disse. Fiquei pensando se ele sentiria certa culpa por estar plenamente saudável. […]

A destreza mental de Kötz não pode passar despercebida, ainda que ele negue usá-la nas operações. Sua amizade cordial com o Agente Gilles “Montagne“ Touré pode ser um caminho para Kötz expandir a aplicação de suas próprias habilidades e uma forma de aprimorar sua vantagem competitiva.

— Dr. Harishva “Harry” Pandey, Diretor da Rainbow