Zero

Filiação: EOR

Zero

Arsenal

SC3000K

SC3000K

Rifle de Assalto

Primária
5.7 USG

5.7 USG

Arma Curta

Secundária
MP7

MP7

Submetralhadora

Primária
Claymore

Claymore

Mina antipessoal.

Especialização

Habilidades

Lançador Argus

Lançador Argus

Uma boa estratégia de ataque depende da inteligência, e Zero sabe muito bem disso. Seu Lançador Argus possui câmeras especiais que podem ser colocadas em superfícies frágeis e reforçadas para vigiar qualquer lado.

Sim, essas câmeras cobrem dois ângulos para que você possa espiar perfeitamente a equipe adversária. As Câmeras Argus têm mais uma peculiaridade, disparam um raio laser, perfeito para destruir itens importantes de defesa ou desviar a atenção de locais estreitos.

Biografia

Bandeira dos Estados Unidos
Bandeira dos Estados Unidos
Nome: Samuel Leo Fisher
Data de Nascimento: 8 de agosto de 1957
Local de Nascimento: Baltimore
Altura: 1,83 cm
Peso: 84 kg

“Prepare, execute, desapareça”.

Embora a CIA e o Third Echelon tenham arquivado a maior parte da infância do Fisher como confidencial, sabe-se que ele nasceu no subúrbio Towson de Baltimore, Maryland, onde cresceu com sua avó paterna, Sarah. Mais tarde, ele se alistou em uma academia militar, onde aprendeu a canalizar sua energia, aprimorar suas habilidades e seguir ordens ou ocultar evidências.

Depois da primeira academia, Fisher se alistou diretamente na Academia Naval dos Estados Unidos, onde se formou em ciências políticas e posteriormente buscou treinamento com os SEALs. Enquanto servia no Golfo Pérsico, Bolívia, Colômbia, Senegal e Kosovo, Fisher ficou conhecido por sua capacidade de completar as missões, independentemente das baixas em seu pessoal. Após ser premiado com uma Medalha por Serviço Distinto de Defesa, Fisher se dedicou como instrutor na Base Naval de Little Creek, na Virgínia.

Fisher foi recrutado pela CIA, onde ele [REMOVIDO].

Laudo Psicológico

Embora essas sejam as minhas primeiras interações e observações com o especialista Samuel Leo “Zero” Fisher, sinto que estou conhecendo um pouco do homem por trás da lenda. Ele não se gaba por tudo que fez ou pode fazer, mas dá para notar seu nível de treinamento pelo jeito em que se move e pela avaliação crítica do ambiente em volta. Se ele lesse a minha avaliação, tenho certeza de que concordaria.[…]

É difícil extrair detalhes desse ex-agente do Echelon. Ele é focado, vai direto ao ponto e deixa bem claro quando já conseguiu o que queria com alguém. Seu ofício principal nunca foi entrar em conflitos, e sim controlar os danos antes que surgisse qualquer evidência de um desastre. As habilidades e o temperamento do Fisher lhe proporcionam um pensamento calmo quando está sob pressão; ele sempre está preparado, seja qual for a situação. Estou curioso para ver se ele vai ter influência positiva sobre os nossos especialistas mais esquentados, como Evans e Brunsmeier.

O sarcasmo dele pode parecer um tanto abrasivo para quem não está acostumado com ele – e talvez até mesmo para quem está –, mas por trás disso há pensamento profundo e atenção a detalhes. Ele consegue olhar diretamente para o cerne da questão, ou da pessoa – quero ver a avaliação dele e suas sugestões de melhoria para o nosso programa de treinamento.[…]

Ele não quer falar da filha, mas sinto que isso seja mais um aviso do que uma indicação de qualquer conflito residual entre eles.[REDACTED]

(Comentário_S. Fisher: Ótima observação.)

Fisher faz o tipo agente solitário, apesar de ter um senso de comprometimento com os colegas e demonstrar afeição em suas atitudes. Espero que eu consiga transpor as barreiras que ele criou e possa mostrar a ele os benefícios de trabalhar para o Programa R6. Considerando seu histórico como instrutor, acho que ele não vai apreciar apenas os recursos que temos a oferecer, mas também vai se satisfazer com a influência que vai exercer no Programa R6 e seus colegas de trabalho.

(Comentário_S. Fisher: Um dos benefícios é café? Porque o meu tá acabando.)

— Dr. Harishva “Harry” Pandey, Diretor da Rainbow