Tachanka

Filiação: SPETSNAZ

Tachanka

Arsenal

DP27

DP27

Metralhadora Leve

Primária
PMM

PMM

Arma Curta

Secundária
9x19VSN​

9x19VSN​

Submetralhadora

Primária
GSH-18

GSH-18

Arma Curta

Secundária
Arame Farpado

Arame Farpado

Arame farpado que retarda os atacantes.

Especialização
Alarme de Proximidade

Alarme de Proximidade

Alarme implantável capaz de detectar inimigos próximos.

Especialização

Habilidades

Metralhadora RP-46 Degtyaryov​

Metralhadora RP-46 Degtyaryov

LMG montado no topo de um tripé, permitindo que a arma seja disparada de uma posição em pé. Apresentando revistas de panelas planas circulares originais e um escudo balístico que protege a cabeça de tiros frontais.

Biografia

Bandeira da Rússia
Bandeira da Rússia
Nome: Alexsandr Senaviev
Data de Nascimento: 3 de novembro de 1967
Local de Nascimento: São Petersburgo
Altura: 1,83 cm
Peso: 86 kg

“Me disseram que eu tinha morrido. Eles estavam errados. Eu nasci de novo.”

Muitos dos homens da família Senaviev serviram o Exército Vermelho. Aos 18 anos, Senaviev foi recrutado pelo serviço militar no momento em que a União Soviética encerrava suas operações no Afeganistão. Diante da dissolução de seu vínculo, Senaviev optou por se alistar em período integral. Ele integrou então a liga de luta livre, onde seu porte físico formidável e sua estratégia de combate lhe renderam elogios. Além da artilharia pesada, o treinamento de Senaviev teve como foco táticas defensivas e de invasão. Durante esse período, fez estágio como mecânico de ferramentas de precisão e moldes na divisão de armas. Senaviev solicitou transferência para a Marinha da Rússia, mas por motivos confidenciais, permaneceu nas Forças Armadas.

Calma diante de uma crise: A ficha original do Especialista Alexsandr “Tachanka” Senaviev não revela muito mais do que isso. Então, além de nossa reunião, quis buscar mais informações em relatórios de campo e observá-lo em sessões de treinamento antes de reavaliar seus antecedentes.

Senaviev possui um senso de humor absurdo e um riso estridente. Ele pode ser bastante incisivo, mas sem intenção de ofender. Particularmente, eu gosto de pessoas transparentes. […] Ele se dedica à equipe e apresenta foco e calma durante as operações. Dito isso, também observei uma certa frustração. Há um contingente de especialistas que o apoiam fervorosamente, mas mesmo assim Senaviev sente que tem um potencial que não consegue maximizar. É evidente que ele quer ser uma força devastadora, por isso sugeri que mudasse sua abordagem. Se ele analisar sua equipe, precisará focar em encontrar lacunas de estratégia. É nessas lacunas que ele pode encontrar o lugar que lhe cabe. […]

A irmã mais nova de Senaviev é médica e nossa discussão mal havia começado quando ele me mostrou fotos dela usando jaleco, além de uma série de fotos de suas sobrinhas e seus sobrinhos e filhos. […] Ele e a irmã foram criados em um ambiente severo e desprovido de muitas coisas, e é por isso que ele faz o possível para curtir a vida. Eles também se empenham em garantir que seus filhos sejam amados e criados com alegria. Ao mesmo tempo, ele não gosta de comprar ou acumular coisas materiais e enfatiza isso para seus filhos, para o desespero deles. Acho que isso também tenha a ver com seu divórcio. […]

Apesar de Senaviev se dedicar ao seu país e gostar da vida que seu patriotismo lhe proporcionou, ele foi taxativo quando disse que seu filho e seu sobrinho não devem seguir a carreira militar. “Eles podem cumprir o que for obrigatório”, ele disse. “Depois disso, que sejam úteis em outras coisas”. E é isso que Senaviev deseja para sua família e amigos: que encontrem uma função na qual se sintam úteis. É isso que ele busca para si. É função da Rainbow, como equipe, orientá-lo.

— Dr. Harishva “Harry” Pandey, Diretor da Rainbow